O Serviço de Apoio Domiciliário é uma resposta social que consiste na prestação de cuidados individualizados e personalizados no domicílio, a indivíduos e famílias quando, por motivo de doença, perda de autonomia ou outro impedimento não possam assegurar temporária ou permanentemente, a satisfação das suas necessidades básicas e/ou as actividades da vida diária.

Esta resposta surge como forma de retardar a institucionalização, permitindo aos indivíduos permanecerem no seu domicílio, contribuindo para a melhoria da sua qualidade de vida.

Este serviço tem a capacidade de resposta para apoiar 70 utentes.